Crie um site como este com o WordPress.com
Comece agora

Conspirando conspirações conspiranóicas…

Poderia ser mais um episódio da série “Os evangélicos piram”, mas o fato é que por trás do espanto inicial que a bizarrice possa causar, uma mente não influenciada pelo fanatismo religioso sabe que a simbologia adotada serve para dominar a mente das pessoas, facilmente sugestionáveis aos espetáculos da “elite”. Um crente fervoroso começa a sentir emoções e emanar um mantra que adquire propagação coletiva, pois ELES precisam que o inconsciente coletivo crie com ELES a realidade que almejam atingir, a crença gera a ação, a execução, a concretização. Um bom exemplo, como já expliquei em outros textos, foi a última emergência criada com um falso vírus, gerador de uma falsa doença. Todos que acreditam na existência de uma “elite satânica mundial”, num governo mundial e demais conceitos do tipo, contraditoriamente, engoliram a farsa pandêmica criada por essa mesma elite. No caso do Brasil foi ainda mais bizarro, pois a população dividiu-se em dois grupos, que defendiam a existência do falso vírus e da falsa doença, mas que divergiam apenas nos métodos de prevenção e tratamento. Ambos colaboraram ativamente com a tal elite satânica, o que gerou desemprego, restrição de liberdade e direitos constitucionais, opressão, discriminação, divisão da sociedade, crise econômica, fome, extermínio de pessoas por profilaxia e tratamentos criminosos e insanos, e tudo isso foi totalmente satisfatório e favorável à elite-globalista-satanista-mundial.

Muito pior do que os símbolos são os discursos que essa gente vem soltando publicamente, discursos que antes estavam apenas em livros, que 99,9% das pessoas nunca leu nem irá ler. Agora está tudo exposto para quem quiser ouvir e entender o plano que será executado, com a participação de todos, inclusive dos fanáticos que pensam ser a resistência contra o Mal.

O verdadeiro Mal do mundo não é a maldade em si mesma, mas a estupidez humana, a burrice patológica que aumenta a cada dia com forte contribuição da tecnologia e redes sociais. Gente burra, estúpida e fanática colabora com ações ao que ELES promovem apenas com símbolos e falas. É o povo ignorante e crente que atua de fato, que comete as maiores barbaridades contra seu semelhante, que chama e deseja a vinda do apocalipse, crentes de que apenas eles serão os escolhidos e salvos por Deus, por acharem-se o bastião da santidade e moralidade.

O poder que um símbolo tem é exatamente na medida da importância que damos a ele. O que de fato dá poder a essa elite são pessoas medíocres e sem caráter, sem valores morais, sem ética, sem escrúpulos e hipócritas, que interessam-se apenas por futilidades, por “benefícios” passageiros. Vejam o nível dos políticos por todo o mundo, que o sistema financeiro internacional coloca em cada país, são as criaturas mais abjetas, estúpidas e incapazes, gente disposta a qualquer coisa por dinheiro, orgias e drogas, que nada mais são do que métodos de controle e manipulação, assim como o carnaval, a copa, a cervejinha, as revistas de mulher pelada, o auxílio disso, a esmola daquilo. A escravidão é sempre a mesma, a única diferença é que os de cima recebem uma migalha mais “nutritiva”.

Pessoas medíocre, crédulas, covardes, sem personalidade, sem valores morais, são perfeitas para sujeitar os demais aos rituais de controle e desumanização que a elite necessita para submeter os seres humanos, não símbolos ou cerimônias de sacrifícios, essas práticas só servem para criar uma situação de controle, onde os participantes serão chantageados quando negarem-se a atuar em pról da elite por algum motivo, o medo da exposição pública garante a obediência e, obviamente, uma pessoa que participa de cerimônias bizarras e criminosas é dessensibilizada pouco a pouco, tornando-se cada vez mais capaz de prejudicar grupos inteiros de seres humanos. O mesmo faz Hollywood com seus filmes, ou as novelas no Brasil, dessensibilizando as pessoas para a violência, para a pornografia, gerando um inconsciente coletivo de submissão e tolerância à práticas criminosas e corruptas.

Ao invés de preocuparem-se com símbolos, que servem apenas para impressionar os tolos, as pessoas deveriam analisar com seriedade o que ELES dizem, pois o que estão emanando verbalmente será concretizado, se as pessoas permitirem.

Yuval Noah Harari (judeu) diz que seres humanos são animais hackeáveis, sem alma e livre arbítrio. https://odysee.com/@alinecristina:9/harari:9

Davos 2022 – J. Michael Evans – pegada de carbono e controle social – TECNOCRACIA https://odysee.com/@alinecristina:9/SHORTS-DAVOS22-SOBRE-CREDITO-SOCIALBASADO-EN-ENERGIA-tecnocracia-resiliente-y-sustentable:4

Publicado por amellocristina

Arquiteta e Urbanista

Um comentário em “Conspirando conspirações conspiranóicas…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: